A importância do Tawai Dub Festival para o reggae no Brasil!

É bem clichê falar da importância de um festival de música para o movimento em questão, seja em qualquer gênero. No reggae, em especial, os festivais são poucos e, dificilmente, tem a dimensão de festivais como Tawai Dub Festival (SC) e Acampa Reggae (CE). Ambos os festivais juntam amantes do reggae por mais de um dia.

Destaco o Tawai Dub nesse texto, pois esse foi o primeiro festival que pude estar presente. Observando, curtindo e vivenciando. Damos graças!

A segunda edição do Tawai Dub Festival aconteceu mais uma vez em Rio Negrinho (SC). Com uma lista imensa de artistas nacionais e internacionais. Foram 4 dias de muito reggae inna sound system stylee!

Considerando a importância do festival para o reggae nacional, espero que este texto relembre bons momentos para quem foi e, principalmente, instigue os que não foram a marcar presença no Tawai Dub Festival 2019.

Falar sobre as coisas boas desses quatro dias inesquecíveis é o mínimo que posso fazer…

Vivência sadia!

Quatro dias de paz, música, ambiente tranquilo e um acampamento com pessoas de diversos estados do brasil. Todos ali, dividindo sua apreciação pela música reggae.

rockerstime-tawai dub festival-acampamento-thiago nascimento-foto

A massa reggaera acampada na Fazenda Evaristo

A boa organização do evento fez com que o público se preocupasse apenas em curtir. Pouco ouvimos falar de problemas, exceto pela polícia na entrada que resolveu agir de maneira desnecessária. Infelizmente, este será um bom senso que levará anos para chegar ao Brasil. Free up the herb!

Nada que apagasse o brilho do evento e a vontade de voltar alguns dias ou, quem sabe, acelerar até o próximo Tawai Dub.

Cultura sound system se espalhando no Brasil!

Pessoas de todas as regiões do Brasil. Regiões Norte, Sul, Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste reunidos em prol do reggae. É lindo ver mais e mais interessados em trabalhar pelo reggae e sistemas de som.

Aos poucos vamos construindo um circuito e as cidades vão se conectando. Isso facilita o trânsito de artistas pelo país e valoriza os eventos independentes.

Estamos no caminho para solidificar um movimento que, naturalmente, está conectado com o mundo do reggae. Brazil gone outernational!

Verdadeira conexão!

O fato de termos artistas internacionais engrandece muito o festival aos olhos do público. Além do prestígio ao festival, essas conexões tem trazido ótimos frutos para o reggae nacional. Cada vez mais, os artistas estrangeiros tem olhado com bons olhos os cantores, produtores e os mais diferentes agentes culturais do nosso país.

Não à toa, ouvimos diversos dubplates com artistas nacionais. Inclusive, alguns deles foram gravados durante o festival, no pequeno estúdio que montaram na fazenda.

rockerstime-kibir la amlak-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Kibir La Amlak em sessão de gravação durante o festival

Sem contar um dos grandes momentos da sessão do Dubversão mandando uma sequência matadora com produções do estúdio Link Up Music. Além de esquentar a pista, foi lindo de ver Brother Culture, Noel Ellis e Shanti D mandando suas mensagens nas produções nacionais.

Não podemos esquecer da sessão quente de Prince Fatty, Monkey Jhayam e Horseman. O que dizer então da apresentação do O.B.F. com seus dubplates pesados e o grande cantor Shanti D. Kibir La Amlak e toda sua mística pela liberação africana também marcou a noite de quem presencio a sessão.

rockerstime-monkey jhayam-horseman-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Monkey Jhayam e Horseman inna big combination!

O intercâmbio fortalece o reggae nacional através da troca de experiências. Em conversas com Kibir La Amlak, o mesmo se disse impressionado pela quantidade de pessoas da nova geração fazendo reggae. Ele concluiu a ideia me dizendo que vê um grande futuro para a nossa música se continuarmos no caminho!

rockerstime-afreekadu-rico obf-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Rico (O.B.F.) na seleção e Afreekadu na mensagem! Sessão surpresa diretamente do chalé dos artistas!

Força Ômega presente!

O reggae é um ambiente formado em sua maioria por homens, mas aos poucos as mulheres estão conquistando o seu espaço de direito. Foi lindo ver a participação feminina, e com destaque, nas pistas do Tawai Dub Festival. As seleções de Feminine Hi Fi e Sound Sisters, que também andam circulando em eventos fora do circuito reggae e levantando a nossa bandeira.

Teve também Marina Peralta comandando a sessão do Rockers Sound System (MS). Não podemos esquecer da criança Maria Tereza surpreendendo a todos com suas lindas mensagens e desenvoltura.

rockerstime-regiane cordeiro-sistah mari-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Regiane Cordeiro e Sistah Mari na sessão de estúdio durante o festival

Momento bem marcante também foi ver três mulheres pretas e guerreiras ao lado de Kibir La Amlak. Regiane Cordeiro, Carol Afreekana e Sistah Mari encantaram o produtor inglês. A parceria deu certo e promete ser duradoura. É o reggae nacional sendo muito bem representando por todo o mundo.

Tempo de curtir! Tempo de aprender!

Passar quatro dias curtindo diversas seleções é algo bastante intenso para todos do movimento, sem exceções! Para os que fazem parte de alguma equipe de som, são várias oportunidades de aprendizado. Conversas entre os membros das mais diferentes equipes do Brasil geram conexões e conhecimento.

Não podemos esquecer também da oportunidade de estar presente em uma oficina com Prince Fatty sobre produção musical analógica e dub. Uma conversa bastante informal mas que, sem dúvidas, agregou bastante conhecimento para quem participou.

rockerstime-oficina prince fatty-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Prince Fatty falando sobre música analógica e dub!

Para quem faz parte de um sound system, ir o Tawai é muito mais do que apenas curtir um festival. É uma oportunidade única de trocar conhecimento e melhorar ainda mais o seu sistema de som.

Recarregando as baterias para mais um ciclo!

Quem pensa que após o festival vem aquela canseira está muito enganado. A vontade que fica é o de trabalhar pesado mais um ano. Assim, podemos todos voltar no ano que vem com novos ares, novas produções, novas seleções e muito mais.

Ficará sempre a nossa torcida para que o festival esteja cada vez mais organizado e sustentável. Assim, poderemos migrar anualmente para uma grande reunião de irmãos e irmãs na música reggae.

rockerstime-tawai dub festival-thiago nascimento-foto

Reggae and dub music we ah play! Tawai Dub Festival!


Todas as fotos gentilmente cedidas por Thiago Nascimento com o apoio de Black On Voice e RockersTime

Leonardo Silva [Jah Leo]

Leonardo Silva [Jah Leo]

Iniciei minhas atividades no reggae ao ser um dos fundadores o Reggae pelo Reggae em 2012, onde atuei até Julho de 2016 como Diretor de Conteúdo. No começo dos estudos sobre reggae, me encantei com a cultura dos sistemas de som, fiz parte do Vietcong Promotion até que decidi construir o Leão Conquistador. Também fundei o Rockerstime e a Subcultura, loja online de discos de vinil que distribui para todo o Brasil.
Leonardo Silva [Jah Leo]